Por Centro Psicanalise Freud em 20/04/2022
Como acontece a terapia

O objetivo da Psicanálise é proporcionar o conhecimento de si mesmo e da posição que ocupamos no Mundo. O jeito como fomos criados e a forma como vivemos podem acarretar sofrimentos, que são apenas sintomas. Não basta cuidar da febre é necessário tratar do que a motiva.
É necessário conhecer a origem do sofrimento, se é interno ou externo, isto é, se é um desejo que temos e não podemos realizar, ou, se é algo que fazemos para realizar desejos de outro.
Ao perceber e entender o que está acontecendo, não o sintoma ou o incomodo em si, mas a origem disto, se deixa de gastar energia com aquilo e essa energia é naturalmente direcionada para algo prazeroso. Para-se de pensar na “ansiedade”, “na dor no peito”, “na falta de sono” e passa-se a viver.
Interessante perceber que o sintoma se apresenta no corpo – palpitações, falta de ar, queda de cabelo, ou em forma de emoção – tristeza, angústia, medo, mas é sempre resultado de algo inconsciente.
Muitas vezes o sintoma não é monstruoso, mas é constante. É como estar dentro d’agua com uma bola presa no meio das pernas. Além da dificuldade nos movimentos é preciso cada vez mais força para manter a bola presa.
A terapia objetiva definir a origem do incômodo e sendo a Psicanálise “a cura pela fala” é pelo relato do sintoma que a origem do sofrimento é identificada.
Sendo assim, a terapia inicia com o relato de um sintoma, que é a parte visível do sofrimento psíquico. O relato do sintoma possibilita identificar sua origem, trazendo a tona o que está inconsciente. Tornado consciente a origem do sofrimento psíquico, o sintoma suavemente desaparece e o incômodo é descarregado.
Importante que revelado o que está inconsciente, muitas coisas podem ser feitas, inclusive nada, mas o sofrimento psíquico e o sintoma desaparecem e a vida passa a ser vivida.

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Aguarde..